domingo, 27 de abril de 2014

Resenha: Ecos da Morte - Kimberly Derting

Postado por Diandra By Di às domingo, abril 27, 2014


Olá pessoas *__*

Primeiramente eu gostaria de agradecer aos comentários que o último post recebeu. Fiquei muito feliz com todo o carinho ^^

Estou planejando cuidadosamente a primeira promoção do blog. Isso mesmo, vou fazer uma promoção bem bacana para todos vocês... =D

Agora vamos a resenha da vez.

Ecos da Morte - Kimberly Derting.




Autor: Kimberly Derting
Editora:  Intríseca
Páginas: 268
Classificação:
 4 / 5



Sinopse

"Violet Ambrose tem dois problemas – o dom mórbido e secreto que carrega desde a infância e Jay Heaton, seu melhor amigo, por quem está apaixonada. Aos dezesseis anos e confusa com os novos sentimentos em relação a Jay, ela começa a ficar cada vez mais incomodada com sua estranha habilidade – Violet encontra cadáveres. Desde pequena ela percebe os ecos que os mortos deixam neste mundo. Ruídos, cores, cheiros. Mas não todos, apenas os das vítimas de assassinato. Para ela, isso nunca foi um grande talento. Na maioria das vezes, tudo o que encontrava eram pássaros mortos, deixados para trás pelo gato da família. Mas, agora que um serial killer está aterrorizando a pequena cidade onde mora e os ecos das garotas assassinadas a perseguem dia e noite, Violet se dá conta de que talvez seja a única pessoa capaz de detê-lo. Em pouco tempo ela estará no rastro do assassino. E ele, no dela."  


O que eu achei?

Um ótimo livro, posso até dizer que fiquei bem surpresa.

Normalmente não gosto de ler livros com a temática de investigação. Porém, Ecos da Morte te conquista do começo ao fim.

Violet é o nome da personagem principal. Ela tem um dom muito incomum, Violet consegue sentir o eco de pessoas assassinadas, pessoas que tiveram seus corpos escondidos ou abandonados em lugares remotos.

Nossa protagonista é chamado até esse corpo. Pode ser uma sensação, uma luz, um cheiro ou até mesmo uma voz, um eco da pessoa que se foi. Normalmente envolve pessoas que foram mortas de maneira brutal. E não, ela não vê os fantasmas dessas pessoas.

Durante todo a sua vida ela escondeu esse dom, somente as pessoas mais próximas à ela sabem disso.
Violet tem um grande amigo, seu nome é Jay e eles são melhores amigos desde crianças. 

" No primeiro ano brincavam de pega-pega no parquinho, sempre juntos na perseguição a outras crianças, para que fizessem delas os "pegadores" e não tivessem que jogar um contra o outro. No segundo ano passaram a utilizar o trepa-trepa, escolhiam os times e usavam os túneis como fortes improvisados para defenderem-se dos inimigos dos dois. No terceiro ano aprenderam a jogar four square e bola na parede. No quarto, espiribol. E foi no quinto ano que descobriram que a inspetora do recreio não conseguia ver o que acontecia atrás da pedra gigante na beirada do campinho.

Foi o ano do primeiro beijo deles - ou melhor, beijos -, a única incursão que fizeram juntos pela área romântica. Tentaram uma vez com as bocas bem fechada, um selinho rápido, e depois novamente, tocando as línguas. A sensação foi escorregadia, elástica e estranha. Ambos concordaram imediatamente que aquilo era nojento, e juraram que jamais repetiriam."

Foi neste trecho do livro que eu decidi que valia a pena lê-lo. ^^

Vou explicar. Vocês podem me contar o nome de um personagem que é melhor amigo da heroína da história e que tem os seus sentimentos correspondidos? Violet é a personagem principal do livro e ela está apaixonada pelo melhor amigo. Quer dizer, ele se vê apaixonada por ele, e como o Jay é o melhor amigo dela desde sempre, ela não sabe o que fazer. 

Quem nunca passou por isso?

Normalmente a protagonista de uma história que tem como melhor amigo um garoto, nunca fica com ele, ela sempre vai terminar com um outro garoto (pode ser um vampiro, um badboy, um caçador das sombras), enfim, a protogonista sempre vai terminar com outro homem e nunca com o melhor "amigo apaixonado por ela". =/

É comum, e querendo o não, muitas vezes você já espera que isso aconteça na história..

Mas, em Ecos da Morte não. E o Jay é incrivelmente apaixonante. Você lê o livro e suspira o tempo todo. O melhor é que não é um romance enjoativo, e você se pega torcendo para que dê certo.

"Melhor amigo. A expressão agora parecia muito estranha, tal qual um tênis velho e confortável, que antes praticamente se amoldava ao formato de seu pé, mas que depois passou a machucar a cada passo, porque já não servia mais."  

Já a trama do livro em si é muito bem escrita a amarrada, sabe aquele tipo de livro que você não consegue parar de ler? Ecos Da Morte é esse tipo de livro.

Na história, depois que Violet encontra o corpo de uma garota que estava desaparecida e que morreu de forma horrível, várias garotas  da sua cidade e da cidade próxima começam a desaparecer, e durante as próximas semanas corpos atrás de corpos são descobertos pela policia.

Logo, se trata de um serial Killer. O interessante é que a cada poucos capítulos deste livro, um deles sempre é separado para a visão do serial killer, esse monstro que esta atacando jovens estudantes.

Violet encontra alguns desses corpos, afinal ela é chamada pelo eco de morte dessas meninas, e logo ela se torna a próxima a ser visada pelo assassino.

"Um pensamento lhe passou pela cabeça: de que talvez ela não estivesse seguindo em direção ao som, mas que fosse ele que estivesse ali, e se aproximasse de Violet. Não sabia ao certo se era uma notícia boa ou ruim. Esse era o homem que vinha caçando. Um homem que estava determinada a encontrar. Um assassino que precisava ser detido."

Se eu recomendo este livro?

Certamente. 

Ecos da Morte é um ótimo livro, muito bem escrito, com personagens cativantes e uma trama que vai te deixar de cabelo em pé de curiosidade.

O nome do segundo livro é Desejos dos Mortos e eu ainda não o li. Está na minha lista.

Até consegui encontrar um book trailer bonitinho de Ecos da Morte.






13 comentários:

André Cavalcante on 28 de abril de 2014 03:06 disse...

Olá, vi seu blog e gostei muito, estou seguindo!!
Suas resenhas são muito boas, já sei com quem
aprender ahaha!

Abraços, visita o meu, se gostar segue lá =)

http://inliteratorium.blogspot.com.br/

Nayara Duarte on 28 de abril de 2014 07:52 disse...

Oi, tudo bem?
Sempre via esse livro e nunca comprava. Não acho que ele ia me interessar muito, mas adorei a flor da capa... kkk

Beijos,
http://smellingbooksallday.blogspot.com.br/

Débora Alves on 28 de abril de 2014 09:35 disse...

Quero tanto ler esse livro *--*
Vou ler assim que puder, adorei a resenha.
xooxo
sorrisoselivros.com

thaila oliveira on 28 de abril de 2014 09:36 disse...

não fiquei muito interessada Diandra, primeiro por não curtir o gênero e segundo por não estar em um clima para uma leitura assim!
http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

Gabrielly Marques on 28 de abril de 2014 10:43 disse...

Já vi esse livros tantas vezes em promoção... já coloquei no carrinho de compras tantas vezes... já vi tantas resenhas positivas e nunca comprei!
Achei muito boa a resenha e que bom que você gostou do livro.
Beijos!!
http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

Inês Gabriela A. on 28 de abril de 2014 11:10 disse...

Tenho vontade de ler esse livro, parece ser muito bacana.
Pena que a intrínseca não vai continuar trazendo os outros livros dessa série =/. COmo o livro sempre está em promoção qualquer dia eu compro e leio.

memorias-de-leitura.blogspot.com

Bárbara on 28 de abril de 2014 12:06 disse...

Olá!!
Acredita que nunca ouvi falar desse livro?
Mas a sua resenha me fez ter vontade de lê-lo...já esta na minha lista!! =)

Bijos, Bá.
http://cafecomlivrosblog.blogspot.com.br

Brubs. on 28 de abril de 2014 16:17 disse...

Tanta gente falando bem do livro e eu ainda não dei uma chance, to só esperando a mina que trabalha comigo ler a seria toda que vou pegar emprestado ^^
Brubs
http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

marla on 29 de abril de 2014 11:48 disse...

Já conhecia o livro pela capa, só que nunca tinha prestado muita atenção em sua trama, mas para ser sincera a achei interessante. Então se surgir uma oportunidade lerei com certeza.

*bye*

http://loucaporromances.blogspot.com.br/

Dryh Meira on 29 de abril de 2014 12:58 disse...

Oiee ^^
Eu também não gosto muito de livros de investigações e detetives, mas Ecos da morte me deixou muuito surpresa, até mesmo a personagem me encantou. Mal vejo a hora de ler o terceiro livro da série ^^
MilkMilks
http://shakedepalavras.blogspot.com.br

Livre Espontanea Leitura on 10 de maio de 2014 04:57 disse...

Oi Diandra!
Sei nao, só de ler essa sinopse já me deu uma preguiiiiçaaaa!
Parece ser o clichê em forma de livro... Sei lá, nao gosto de livro de romancezinho também, talvez seja isso...

Beijo!
Juliana
www.livreeespontanealeitura.blogspot.com

Livre Espontanea Leitura on 10 de maio de 2014 04:58 disse...

Ah, uma dica:
Desative a verificação de comentários no blog?
Toda vez que vamos comentar, precisamos colocar aquelas letrinhas que nunca dá de entender qual é hehe

Beijo!

Adriana Macedo. on 1 de junho de 2014 15:40 disse...

Ai eu adoro essa serie, muito fofa, as investigações malucas da Violet, são ótimas e o romance é muito bonitinho. O segundo eu já li e tbm é muito bom.

Bjs
http://meupassatempoblablabla.blogspot.com.br

Postar um comentário

Link

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Livros da Tarde Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos